- NOTICIAS RÁPIDAS-



Press Review - State of Mind - The Journal of Psychological Sciences



Praticar ioga pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa.

Durante sua vida, uma mulher está sujeita a mudanças em seu corpo, basta pensar na puberdade, em gravidez e finalmente para a menopausa. Cada estágio afeta a vida da mulher e sua capacidade de adaptação. A menopausa costuma ser vivenciada de forma dramática pelas mulheres porque é identificada com o início do envelhecimento.



homens traidores e mentirosos

Os efeitos da menopausa são variáveis ​​e dependem também do meio social, do nível cultural da mulher e do seu estado geral de saúde. Geralmente, a idade média em que ocorre a menopausa é entre 50-52 anos (menopausa espontânea)



A sintomatologia da menopausa é bastante variada, pode ser caracterizada por ondas de calor, o sujeito experimenta mudanças consideráveis ​​de temperatura, ocorre sudorese e uma vermelhidão perceptível no pescoço e na nuca. Em vez disso, as perturbações do dormir são frequentes no período pós-menopausa imediato; você pode ter dificuldade em adormecer, sono agitado e, na pior das hipóteses, insônia.



De acordo com um estudo da pesquisadora Katherine Newton, do Group Health Research, afirma que praticar ioga pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa.

Propaganda Uma pesquisa randomizada chamada 'MeFlash' foi realizada para verificar se as abordagens naturais, incluindo ioga, exercícios e ingestão de óleo de peixe na dieta, poderiam aliviar os sintomas da menopausa.

Este estudo analisou 249 mulheres e elas foram divididas em vários grupos. Um primeiro grupo teve que fazer exercícios de ioga, outro para praticar um programa de exercícios aeróbicos, o terceiro grupo teve que tomar suplementos alimentares à base de ácidos graxos ômega três; finalmente foram comparados com um grupo placebo e também com aqueles que não praticavam nenhuma atividade física.

Os resultados deste estudo destacaram a importância do exercício físico, que parece estar ligada a uma redução na depressão e a insônia. Praticar ioga também foi associado a uma melhor qualidade de sono e humor. No entanto, é bom dizer que os efeitos não foram estatisticamente significativos. Por outro lado, no que se refere ao ômega três, eles não parecem trazer nenhuma melhora significativa, seja na qualidade do sono, seja nas ondas de calor e suores noturnos.

Esses resultados sugerem que melhorias só podem ser alcançadas com a prática de disciplinas físicas como ioga por um período prolongado e constante, mas não apresentam avanços significativos com a ajuda de suplementos alimentares. Em qualquer caso, os transtornos relacionados ao climatério podem encontrar benefícios no esporte, induzindo um bem-estar físico e mental geral.

LEIA TAMBÉM:

DORMIR - INSÔNIA - IOGA - TERCEIRA IDADE

BIBLIOGRAFIA: